>

Bem-vindo à BOL. O nosso site usa cookies e outras tecnologias para personalizar a sua experiência e compreender como você e os outros visitantes usam o nosso site.
Para ver uma lista completa das empresas que usam estes cookies e outras tecnologias e nos informar se podem ou não ser utilizadas no seu dispositivo, aceda à nossa página de política de cookies.

Concordo
Distrito Sala

4 Anos de Parceria com Centro Cultural Vila Flor...

18-01-2013

O Centro Cultural Vila Flor (CCVF) é uma referência no panorama cultural nacional. Um espaço localizado em pleno coração histórico da cidade de Guimarães. Este ano o CCVF assinala 4 anos de colaboração com a plataforma BilheteiraOnline, por essa razão resolvemos entrevistar o Dr. José Bastos, director do Equipamento Cultural.

4 Anos de Parceria com Centro Cultural Vila Flor...

Centro Cultural Vila Flor

O que é que motivou a colaboração com a BilheteiraOnline?

CCVF: A motivação que levou o Centro Cultural Vila Flor a colaborar com a BilheteiraOnline foi a necessidade de encontrar um parceiro que estivesse à altura de dar resposta às crescentes necessidades que iam surgindo em função da especificidade do trabalho desenvolvido por este espaço.
Os princípios que norteiam o nosso trabalho foram, desde sempre, a procura de uma permanente evolução e de um permanente aperfeiçoamento dos serviços que prestamos. E essa procura abrange não só a oferta artística que propomos ao público do CCVF mas também a qualidade e fiabilidade dos serviços associados a essa programação.
A BilheteiraOnline demonstrou desde o início estar imbuída do mesmo espírito de trabalho e por isso nos pareceu o parceiro ideal para o desafio que nos propusemos. Fornecer um serviço de qualidade em permanente procura de aperfeiçoamento.

Qual o balanço que faz destes 4 anos de parceria com a BilheteiraOnline? E porquê?

CCVF: O balanço é extremamente positivo. Esta avaliação resulta da eficácia solução proposta, resulta da eficácia da assistência que proporciona, resulta da fiabilidade do serviço e resulta da permanente disponibilidade para desenvolver novas funcionalidades em resposta aos desafios que lhe são colocados.

Como caracteriza o Centro Cultural Vila Flor em 2013 para os Produtores de Eventos?

CCVF: O Centro Cultural Vila Flor irá em 2013 continuar a desenvolver um trabalho que assenta nos seguintes pressupostos:
A programação do Centro Cultural Vila Flor procura assentar em critérios de qualidade, diversidade, contemporaneidade e formação.
A contemporaneidade é, sem dúvida, um dos pilares fundamentais da intervenção do Centro Cultural Vila Flor; O espaço para a criação, para o experimental e para a inovação está garantido; O Serviço Educativo é uma prioridade clara e consubstanciada no desenvolvimento de projectos que obedecem a uma estratégia de envolvimento e participação activa do público-alvo a que se destinam, tendo a comunidade escolar um papel fulcral no desenvolvimento da dinâmica necessária para que os resultados não sejam efémeros. Constituem princípios orientadores de todas as decisões de programação e produção os seguintes:
a) garantir a qualidade e coerência da programação, repartindo-a pelas áreas do teatro, da música, da dança, do novo circo, das artes plásticas e do cinema;
b) em cada disciplina artística, acolher produções de repertório clássico e criações contemporâneas;
c) ter a preocupação de representar diversas práticas, linguagens e géneros artísticos;
d) reforçar a produção própria, designadamente no que se refere a festivais e ciclos;
e) apoiar a experimentação artística em todas as áreas;
f) programar com objectivos educativos e pedagógicos, criando condições para um amplo conhecimento das práticas artísticas;
g) formar públicos, promovendo a sua participação num espaço público constituído pelas artes do espectáculo;
h) alargar a colaboração com instituições congéneres e a programação em rede, à escala regional, nacional e internacional;
i) promover debates, lançamentos e exposições que possam constituir um espaço público de aprendizagem e comunicação sobre práticas artísticas, científicas e culturais contemporâneas.

Entrevista ao Dr. José Bastos, director do Centro Cultural Vila Flor

Partilhar