>

Bem-vindo à BOL. O nosso site usa cookies e outras tecnologias para personalizar a sua experiência e compreender como você e os outros visitantes usam o nosso site.
Para ver uma lista completa das empresas que usam estes cookies e outras tecnologias e nos informar se podem ou não ser utilizadas no seu dispositivo, aceda à nossa página de política de cookies.

Concordo
Distrito Sala

Fusing Culture Experience @ Figueira da Foz

12-08-2013

Nos primeiros quatro dias de agosto, a Figueira da Foz acolheu a primeira edição do festival Fusing - um evento multidisciplinar que assenta na fusão entre quatro áreas: Música, Arte, Desporto e Gastronomia.

Fusing Culture Experience @ Figueira da Foz

Fusing Culture Experience

Nos primeiros quatro dias de agosto, a Figueira da Foz acolheu a primeira edição do festival Fusing - um evento multidisciplinar que assenta na fusão entre quatro áreas: Música, Arte, Desporto e Gastronomia.
Linda Martini, Orelha Negra, PAUS ou We Trust foram alguns dos muitos projectos nacionais que passaram pelo certame, que teve na música uma das vertentes com mais relevo, com dois palcos no recinto principal, onde foi difundida a nova música emergente, e um terceiro palco no salão nobre do Casino Figueira, que contou com a curadoria da Música Portuguesa a Gostar dela Própria.
A BilheteiraOnline entrevistou a organização.

Entrevista a Carlos Martins:

Pode apresentar-nos o Fusing e a Doistrêstrês - Associação Cultural e Recreatival?

O FUSING é uma experiência. Mais do que um festival de verão, este evento é uma fusão entre quatro áreas – a Música, a Arte, o Desporto e a Gastronomia -, com a cidade e, também, com o público, através de várias actividades a acontecer em simultâneo.
É um conceito jovem, urbano e inovador que coloca a cidade em reboliço cultural e que se estende do recinto principal para espaços tão característicos como o Mercado Municipal ou o Casino Figueira.
A Doistrêstrês – Associação Cultural e Recreativa foi o meio escolhido para impulsionar este projecto, na medida em que se pretende dar vida à Figueira da Foz não só no verão mas, também, durante os meses de maior carência, especialmente no Inverno.
Consideramos que a zona centro tem um enorme potencial inexplorável e, como jovens dinâmicos que somos, decidimos avançar com este projecto.


O que é que motivou a colaboração com a BilheteiraOnline?

Em primeiro lugar a credibilidade da plataforma e a sua abrangência nacional. Queríamos um parceiro que nos possibilitasse estar em todo o país e que oferecesse um serviço com qualidade.
Em segundo, devido à plataforma em si. Numa perspectiva de trabalho continuado e de melhoramento e engagement, permite a utilização de ferramentas muito interessantes do ponto de vista de Marketing e Comercial.


Como vê o panorama de eventos em Portugal?

Portugal, neste momento, vive um momento muito bom e, também, de muita oferta no que diz respeito a eventos de cariz musical, mas também artístico. Temos, inclusive, já alguns que são uma referência internacional e a cada ano que passa surgem novos festivais em todos os cantos do país. Julgo que o passo seguinte é a especialização e encontrar características distintivas e marcantes do ponto de vista experiencial.


Que artistas gostariam de trazer a Portugal?

Somos um evento multicultural portanto as nossas escolhas passariam por nomes como Lou Ros Painting ou os Boa mistura, no campo artístico e um Jamie Olivier na área gastronómica. Quanto à música os gostos são distintos mas vão do electro jazz de Parov stelar ao Dj Britanico Bonobo.

Partilhar