>

Bem-vindo à BOL. O nosso site usa cookies e outras tecnologias para personalizar a sua experiência e compreender como você e os outros visitantes usam o nosso site.
Para ver uma lista completa das empresas que usam estes cookies e outras tecnologias e nos informar se podem ou não ser utilizadas no seu dispositivo, aceda à nossa página de política de cookies.

Concordo
Distrito Sala

Entrevista à Diretora da Make-A-Wish em Portugal, Mariana Carreira

05-12-2017

Neste Natal, a BOL associou-se à “Make-A-Wish” (Fundação Realizar um Desejo) para apoiar uma causa social que é de todos, dando visibilidade a uma iniciativa que estará integrada na Ação de Natal da BOL deste ano!

Entrevista à Diretora da Make-A-Wish em Portugal, Mariana Carreira

Mariana Carreira

A missão da Make-A-Wish é realizar os desejos de crianças e jovens (dos 3 aos 18 anos), com doenças graves, degenerativas ou malignas, proporcionando-lhes momentos inesquecíveis e trazendo-lhes esperança!

Para contribuir para esta causa é muito fácil: basta adquirir um pack de 5 estrelas Make-A-Wish através do link “makeawish.bol.pt”, ajudando na angariação de fundos para esta fundação e fazer muitas crianças felizes!

Fomos saber ainda mais sobre esta Fundação, e por isso realizámos uma entrevista à Diretora Executiva da Make-A-Wish em Portugal, Mariana Carreira.

 

 

 

Como é que surgiu a ideia de criar a Make-A-Wish?

 

Tudo começou com o desejo de Chris Greicius, uma criança de 7 anos com leucemia, que tinha um enorme desejo de vir a ser polícia. Na sua terra natal, Phoenix, no estado de Arizona (EUA), a comunidade juntou-se ao Departamento de Polícia local e Chris foi Polícia por um dia, em 29 de abril de 1980, tendo-lhe sido oferecido um uniforme à sua medida, um capacete e um distintivo. Este dia especial, que culminou com uma viagem de helicóptero, serviu de mote à criação da Make-A-Wish® Internacional.

Desde então, no dia 29 de abril é celebrado o Dia Internacional da Make-A-Wish®, em todos os países onde se implantou, assinalado com diversas atividades direcionadas não apenas para crianças, voluntários e parceiros, como também para as comunidades que se juntam à causa da Make-A-Wish®.

Reconhecido oficialmente pela Organização das Nações Unidas (ONU), como a maior instituição de wish granting do mundo, a Fundação Make-A-Wish® Internacional foca a sua atividade na realização de desejos de crianças com doenças graves, progressivas e/ou degenerativas, que colocam as suas vidas em risco. Atualmente, a Fundação Make-A-Wish® está presente em mais de 50 países e conta com milhares de voluntários, que partilham a missão da Make-A-Wish® diariamente e apoiam a sua concretização.

A cada 17 minutos, algures no Mundo, o desejo de uma criança é concretizado pela Make-A-Wish®, levando, dia após dia, a sua missão a um maior número de crianças e jovens. Desde o seu início, a Fundação já realizou cerca de 415.000 desejos.

A Fundação Realizar Um Desejo, criada em 2007, afiliada portuguesa da Make-A-Wish® Internacional é, desde 2009, reconhecida como Instituição Particular de Solidariedade Social (IPSS). Com sede em Lisboa, cobre todo o território nacional, através de uma vasta rede de voluntários que diariamente contribuem para a missão da Make-A-Wish®. Refira-se que a abrangência e eficiência na realização de desejos a crianças e jovens Make-A-Wish® vai além do território nacional, dado pertencer a uma organização internacional, de âmbito universal designada por Make-A-Wish® Internacional.

Desde 2007, a Make-A-Wish® Portugal tem vindo a realizar centenas de desejos de crianças e jovens adolescentes, contribuindo para a melhoria da sua qualidade de vida, restituindo momentos de alegria genuína.

 

 

 

Quais as reações mais extraordinárias de crianças depois de serem surpreendidas pela Make-A-Wish? Podem partilhar algumas histórias?

 

Neste caso, todas as histórias são sempre partilhadas no Facebook da Make-A-Wish Portugal, fazemos questão de mostrar cada desejo realizado – desde que com o consentimento da criança e da família - mas podemos deixar alguns testemunhos de voluntários que acompanharam e crianças que viram realizados os seus desejos:

 

"Nunca na minha vida pude ter um momento, como este, até agora."

Joana, 15 anos

 

“Quando o helicóptero aterrou, o Guilherme vinha de sorriso rasgado, ainda meio desnorteado e sem conseguir dizer grande coisa. Foi um dia inesquecível".

Voluntária Make-A-Wish

 

Segundo a voluntária que acompanhou o desejo da Madalena: “Ela estava mesmo muito feliz. Até tremia de tanto contentamento. Foi espetacular”.

 

“Em nome da Clarinha e de toda família agradeço, do fundo do coração. Foram momentos inesquecíveis, criámos memórias que jamais serão esquecidas (…) O trabalho que a Make-A-Wish faz, os gestos, sejam eles, um abraço ou até mesmo a grandiosidade de realizar o sonho destas crianças, é aquilo que eu chamo, de prova de amor”, afirma a mãe da Clarinha.

 

Segundo a mãe da Sara: “Poder ver o brilho do olhar da Sara, poder testemunhar toda a emoção estampada no seu rosto é das maiores alegrias que um pai e uma mãe podem desejar (…). Muito obrigada à Make-A-Wish por nos ter proporcionado uma viagem tão repleta de magia e alegria”.

 

 

 

De que forma é que todos podemos ajudar a fazer uma criança mais feliz através do vosso projeto?

 

É muito fácil! Todos podem ajudar a realizar desejos! Através da loja Online da Make-A-Wish, através de donativo, apadrinhando um desejo ou organizando um evento, são algumas das ideias! Saiba tudo em: www.makeawish.pt

O desejo de uma criança portuguesa é totalmente captado, organizado e financiado pela Fundação Realizar um Desejo com o apoio dos seus parceiros e doadores. É também, e em simultâneo, prestado apoio a outras afiliadas quando o desejo de uma criança estrangeira é realizado em território português.

A Make-A-Wish® Portugal vai ao encontro do desenvolvimento da imaginação das crianças na idealização e composição dos seus desejos que podem passar por um encontro com uma figura pública, uma viagem, “colocar-se no lugar de um outro” por um dia, receber algo, entre qualquer outra coisa que existe na sua imaginação.

Inequivocamente, a primeira preocupação é o estado de saúde das crianças. A partir daí, todo o trabalho, que envolve uma meticulosa preparação e uma considerável logística, articula-se em torno da realização do desejo para que tudo aconteça como imaginado e consiga, na maioria das situações, criar o efeito das boas surpresas que se vão sucedendo ao longo do tempo partilhado pela criança, família, voluntários e profissionais Make-A-Wish®.

 

 

 

Que desejos é que a equipa Make-A-Wish gostava de ver concretizados neste Natal?

 

O nosso maior desejo é chegar a todos os portugueses garantindo dessa forma que chegamos a todas as crianças e jovens elegíveis! Que em todas as casas dos portugueses, este Natal, exista uma Estrela Make-A-Wish! Para chegarmos a mais e mais crianças. 

 

Mariana Carreira, Diretora Executiva da Make-A-Wish em Portugal

Partilhar