Bem-vindo à BOL. O nosso site usa cookies e outras tecnologias para personalizar a sua experiência e compreender como você e os outros visitantes usam o nosso site.
Para ver uma lista completa das empresas que usam estes cookies e outras tecnologias e nos informar se podem ou não ser utilizadas no seu dispositivo, aceda à nossa página de política de cookies.

Concordo
Distrito Sala
Detalhe Evento
AMANDA PIÑA Danza y Frontera

AMANDA PIÑA Danza y Frontera

Teatro & Arte | Dança Contemporânea

TBA - Teatro Bairro Alto

Palco Sala Principal
Classificação Etária
A classificar pela CCE
Bilhete Pago
A partir dos 6 anos
2021
mar
04
a
2021
mar
05

Sessão

03 mar 2021 14:41
Dias
Hrs
Min
Seg

Duração

70 minutos

Promotor

EGEAC, Empresa de Gestão de Equipamentos e Animação Cultural

Sinopse

Danza y Frontera é inspirada numa dança que surge no bairro mexicano de El Ejido Veinte de Matamoros, Tamaulipas (junto à fronteira com os EUA), num contexto de extrema violência relacionada com um território onde o narcotráfico, a militarização e as indústrias de mão-de-obra barata se cruzam. A dança tem raízes numa forma pré-hispânica que se tornou um instrumento de propaganda racista durante a colonização da América Latina. No entanto, os elementos básicos foram preservados e transmitidos até hoje como um ato performativo de resistência contra as forças coloniais e, posteriormente, neoliberais. A coreógrafa mexicana-chilena Amanda Piña transporta este legado para o presente e apresenta-nos uma apropriação de uma "danza de conquista" histórica, na qual ecoam práticas indígenas, narrativas coloniais, cultura hip hop, conflitos armados e misticismo.
Esta peça corresponde ao quarto volume do projeto Endangered Human Movements (Movimentos Humanos em Perigo de Extinção), uma investigação a longo prazo da artista sobre a atual perda da diversidade cultural e biológica planetária. O seu trabalho coreográfico centra-se na descolonização da arte, incidindo no poder político e social do movimento, introduzindo referências e perspectivas não ocidentais na performance contemporânea.

Ficha Artística

Coreografia e direção Amanda Piña
Coreografia e transmissão Rodrigo de la Torre Coronado
Pesquisa Alma Quintana, Juan Carlos Palma Velasco, Alberto Montes e Paula Chaves
Interpretação Rodrigo de la Torre Coronado, Matteo Marziano Graziano, Daphna Horenczyk, Dafne del Carmen Moreno, Cristina Sandino, Juan Carlos Palma Velasco, Lina María Venegas e Jhonatan Magaña García
Dramaturgia Nicole Haitzinger
Pesquisa teórica Nicole Haitzinger e Amanda Piña
Música Christian Müller
Percussão ao vivo Jhonatan Magaña Garcia
Luzes Victor Duran
Vídeo Danza de Conquista Amanda Piña e estudio el gozo, 2018; Living in the Borderlands, Susana Ojeda e estudio el gozo, 2018; Indians and Moors, excerto vídeo de espetáculo versão de palco, 2019; Borderlands, estudio el gozo, excerto vídeo do espetáculo, versão de palco, 2019.
Figurinos La mata del veinte / Julia Trybula
Vídeo e fotos documentais Susana Ojeda, Hubert Marz estudio el gozo
Produção nadaproductions
Produção em digressão Something Great
Coprodução Tanzquartier Wien
Apoios Municipal Department of Cultural Affairs in Vienna, Austrian Chancellery (BKA), ImPulsTanz Vienna International Dance Festival, Austrian Embassy in Mexico, Mexican Embassy in Austria, Escuela Nacional De Danza Folklorica de Mexico, Diplomado Como Encender un Fosforo Instituto Nacional de Bellas Artes (INBA), Museo Universitario de Arte Contemporáneo (MUAC) e Museo Universitario del Chopo
Fotografia Hubert Marz estudio el gozo

Preços

  • Geral - 14€

Descontos

  • Mais de 65
  • Menos de 18
  • Menos de 25
  • Necessidades Específicas
  • Pessoa Desempregada
  • Prof do Espetáculo

Transportes Públicos

Metro Rato
Bus 706, 720, 727, 738, 758, 773
Elétrico 24

-
Partilhar
Salvação terrestre iminente total e coletiva
total immediate collective terrestrial salvation
A Nossa Cidade

Serviços Adicionais