Bem-vindo à BOL. O nosso site usa cookies e outras tecnologias para personalizar a sua experiência e compreender como você e os outros visitantes usam o nosso site.
Para ver uma lista completa das empresas que usam estes cookies e outras tecnologias e nos informar se podem ou não ser utilizadas no seu dispositivo, aceda à nossa página de política de cookies.

Concordo
Distrito Sala
Detalhe Evento
CICLO MÚSICAS ESCONDIDAS: EGSCHIGLEN

CICLO MÚSICAS ESCONDIDAS: EGSCHIGLEN

Música & Festivais | Música

Museu do Oriente

Auditório
Classificação Etária
Maiores de 6 anos
Bilhete Pago
A partir dos 6 anos
2020
jun
06
Cancelado

Duração

75 minutos

Promotor

Fundação Oriente

Sinopse

O grupo Egschiglen foi fundado em 1991 por estudantes de mestrado do Conservatório Ulán Bator. Os três elementos que o compõem actualmente são membros fundadores e o coração do grupo que, desde a sua génese, se dedica à interpretação contemporânea da música tradicional da Mongólia.
A música de um país é inspirada na sua paisagem e no modo de vida do seu povo. A Mongólia, no coração da Ásia, é um território vasto, aproximadamente doze vezes maior que Portugal. É um país com pastos intermináveis a sul, até à beleza árida do deserto de Gobi. Nas montanhas nevadas de Altai e Changai, rios cristalinos atravessam florestas e planícies.
Grande parte dos mais de dois milhões de mongóis vive, ainda hoje, uma existência nómada, em harmonia com a natureza e seu ritmo, juntamente com suas "cinco jóias": cavalos, camelos, vacas, ovelhas e cabras. A música dos mongóis respira a liberdade e o poder deste estilo de vida despojado e próximo da natureza.

A música de Egschiglen impressiona pela sua variedade e expressividade. Interpretam canções tradicionais e obras de compositores mongóis contemporâneos com seus arranjos harmoniosos, usando instrumentos tradicionais de seu país e técnicas vocais da Ásia Central. Quase se consegue ouvir o som dos cascaos dos fortes cavalos mongóis: Genghis Khan fundou o maior império do mundo de todos os tempos graças a eles. E, novamente, a música transporta-nos para o silêncio puro do deserto de Gobi, onde apenas o vento canta nas dunas. Uma música de contrastes de grande capacidade evocativa.

O estilo de canto khoomii, que consiste em produzir, ao mesmo tempo, um som muito agudo e muito gutural, parece sobre-humano. No entanto, a música soa familiar, expressando sentimentos humanos intemporais: amor, tristeza e gratidão.

Egschiglen são: Amaartuvshin Baasandorj (tobshuur, canto khoomii solo, percussão), Uuganbaatar Tsend-Ochir (tobshuur, ikh khuur) e Tumursaikhan Janlav (voz, morin khuur)


PROGRAMA
1. Tookhuu. Tradicional
2. Nar Sar. Natsagiin Jantsannorov
3. Tuvurguun. L. Iderbat
4. Aav Eej. Tradicional
5. Khuleg. Janlav Tumursaikhan
6. Zegetei Harmai. Tradicional
7. Alag Shaangai. Tradicional
8. Jaran Zagaan Aduu. Tradicional
9. Uulenbor Lieblingspferd. Janlav Tumursaikhan
10. Chandmani Nutag. Tradicional
11. Lobeslied Für Chingis Khan. Tradicional

Preços

  • Plateia - 15€

Descontos

  • maior 65
  • menor 30

Transportes Públicos

Autocarros e eléctricos
Av. 24 de julho - 15E, 18E, 728, 732, 760
Av. Infante Santo - 720, 738
Av. de Ceuta - 712, 713, 714, 727, 742, 751 e 756

Comboios
Linha de Cascais (Estação de Alcântara) *
Linha da Azambuja (Alcântara-Terra)
* Na estação de Alcântara existe uma passagem subterrânea para peões com saída junto ao Museu.

Estacionamento

Parque público junto ao Museu.

-
Partilhar

Serviços Adicionais

Veja ainda:

Yoga para Todos

Formação & Educação | Educação

Museu do Oriente

Sala do Serviço Educ