Bem-vindo à BOL. O nosso site usa cookies e outras tecnologias para personalizar a sua experiência e compreender como você e os outros visitantes usam o nosso site.
Para ver uma lista completa das empresas que usam estes cookies e outras tecnologias e nos informar se podem ou não ser utilizadas no seu dispositivo, aceda à nossa página de política de cookies.

Concordo
Distrito Sala
Detalhe Evento
OS SERRENHOS DO CALDEIRÃO, EXERCÍCIOS EM ANTROPOLOGIA FICCIONAL

OS SERRENHOS DO CALDEIRÃO, EXERCÍCIOS EM ANTROPOLOGIA FICCIONAL

Teatro & Arte | Festival de Dança

C. Cultural Vila Flor

Pequeno Auditório
Classificação Etária
Maiores de 6 anos
Bilhete Pago
Todas as Idades
2020
fev
12

Sessão

12 fev 2020 21:30
Dias
Hrs
Min
Seg

Duração

70 minutos

Promotor

Oficina CIPRL

Breve Introdução

Nesta criação de 2012, Vera Mantero debruça-se sobre a desertificação e a desumanização da Serra do Caldeirão, no Algarve. O resultado é uma peça povoada de vozes que vêm de longe. Cruzando as suas próprias imagens vídeo com as recolhas em filme do antropólogo Michel Giacometti, Vera Mantero lança um forte olhar sobre as práticas de vida tradicionais e rurais, os conhecimentos das culturas orais de norte a sul do país, e também as de outros continentes como os índios da América do Sul, referidos por Eduardo Viveiros de Castro num retrato alargado sobre os povos que possuem uma sabedoria na ligação entre corpo e espírito, entre quotidiano e arte. Uma sabedoria que podemos (e devemos, para nosso bem) reativar.

Ficha Artística

Conceção e interpretação Vera Mantero
Desenho de luz Hugo Coelho
Captura de imagens e elaboração de guião para o vídeo Vera Mantero
Montagem vídeo Hugo Coelho
Excertos vídeo da Filmografia Completa de Michel Giacometti Salir (Serra do Caldeirão), Cava da Manta (Coimbra), Dornelas (Coimbra), Teixoso (Covilhã), Manhouce (Viseu), Córdova de S. Pedro Paus (Viseu) e Portimão (Algarve)
Excertos de textos de Antonin Artaud, Eduardo Viveiros de Castro, Jacques Prévert e Vera Mantero
Residências Artísticas Centro de Experimentação Artística - Lugar Comum/Fábrica da Pólvora de Barcarena/Câmara Municipal de Oeiras e DeVIR/CaPA/Faro
Coprodução DeVIR/CaPA
Produção O Rumo do Fumo
Agradecimento Editora Tradisom
Este projeto foi uma encomenda dos Encontros do DeVIR da DeVIR/CAPa
O Rumo do Fumo é uma estrutura financiada por República Portuguesa - Cultura Direção Geral das Artes

Preços

  • Plateia - 7,50€

Descontos

  • Cartão Quadrilátero
  • Desconto

-
Partilhar
Quadrilátero
GUIDANCE 2020 | 5 ESPETÁCULOS
GUIDANCE 2020 | 3 ESPETÁCULOS