Bem-vindo à BOL. O nosso site usa cookies e outras tecnologias para personalizar a sua experiência e compreender como você e os outros visitantes usam o nosso site.
Para ver uma lista completa das empresas que usam estes cookies e outras tecnologias e nos informar se podem ou não ser utilizadas no seu dispositivo, aceda à nossa página de política de cookies.

Concordo
Distrito Sala
Detalhe Evento
Primavera Selvagem

Primavera Selvagem

Teatro & Arte | Teatro

Teatro Nacional São João

Sala Livre TNSJ
Classificação Etária
A classificar pela CCE
Bilhete Pago
Todas as Idades
2019
jul
18
a
2019
jul
28
Dias
Hrs
Min
Seg

Duração

120 minutos

Intervalo

Com Intervalo.

Promotor

Teatro Nacional São João E.P.E.

Breve Introdução

Em estreia, Primavera Selvagem, espetáculo com encenação e cenografia de Jorge Pinto, assinala o reencontro do Ensemble com o prolífero dramaturgo inglês Arnold Wesker, após Cartas de Amor em Papel Azul (2005) e Quando Deus Quis um Filho (2006), encenados por Emília Silvestre e Carlos Pimenta, respetivamente. Autor multifacetado (escreveu também poesia, ensaio e literatura infantil), Wesker fez parte, com John Osborne, Harold Pinter e John Arden, de uma linhagem de dramaturgos que, no final dos anos 50 e na década de 1960, mudou a face do teatro inglês. Pioneiro na forma como dramatizou o mundo do trabalho, Arnold Wesker deu voz ao desencantamento político e social de um tempo (que é ainda o nosso) e ao modo como essa desilusão habita e mina um ambiente doméstico. Primavera Selvagem, peça doméstica de 1992, ao acompanhar a vida pessoal, profissional e relacional de Gertrude, atriz de sucesso mas insegura do seu talento, traz o universo do trabalho teatral para o centro da peça. Em Primavera Selvagem, o ofício da representação é explorado como uma metáfora das personae que construímos de nós próprios, essas falsas imagens com as quais nos apaixonamos, e nesse sentido faz-nos refletir sobre a vida como exercício de autoencenação.

Ficha Artística

de/by Arnold Wesker
tradução/translated by Ana Luísa Amaral

encenação e cenografia/direction and set design Jorge Pinto
música/music Ricardo Pinto
desenho de luz/lighting design José Álvaro Correia
figurinos/costumes Bernardo Monteiro

interpretação/cast Emília Silvestre, António Afonso Parra, José Eduardo Silva

coprodução/co-produced by Ensemble Sociedade de Actores, TNSJ

Preços

16,00€

Pontos de Referência

Estação de comboio de São Bento

Transportes Públicos

STCP Autocarros 207, 303, 400, 904, 905
Elétrico 22
Metro do Porto Estações Aliados, Bolhão, Trindade, São Bento

Partilhar

Serviços Adicionais

Veja ainda: