Bem-vindo à BOL. O nosso site usa cookies e outras tecnologias para personalizar a sua experiência e compreender como você e os outros visitantes usam o nosso site.
Para ver uma lista completa das empresas que usam estes cookies e outras tecnologias e nos informar se podem ou não ser utilizadas no seu dispositivo, aceda à nossa página de política de cookies.

Concordo
Distrito Sala
Detalhe Evento
Insuflável. Criação e Encenação de João Brito-Sessão Famílias

Insuflável. Criação e Encenação de João Brito-Sessão Famílias

Teatro & Arte | Teatro

Teatro Virgínia

Sala Livre
Classificação Etária
Maiores de 6 anos
Bilhete Pago
Todas as Idades
2019
mai
04
Realizado

Duração

60 minutos

Promotor

Câmara Municipal de Torres Novas

Sinopse

Partimos do conceito Insuflável. Qual é o significado desta palavra? O que
significa enquanto imagem e como podemos modificá-la, reutilizá-la ou
mesmo deturpá-la. Ar no corpo ou corpo no ar? Como é que se enche um
corpo? Como é que se vaza um corpo? Quero esticar o meu corpo, mas não sei
a que horas vai acontecer, quero encolher o meu corpo, mas o mês nunca mais
chega. Como é que se cresce? O corpo em forma de balão, cabeça em turbilhão,
ar que levamos na mão, é hoje, amanhã ou então? Dizem que é uma coisa,
dizem que é outra coisa, dizem que é para encher, dizem que é para saltar,
dizem que é para vazar, dizem que não devia dizer que dizem, mas quem é que
diz? Digo que é possível criar uma história com estes "Dizem". INSUFLÁVEL é
uma metáfora sobre o crescimento.
Quando é que se começa a insuflar? Quando é que se começa a querer
desinsuflar? Insuflável Vem do ato de insuflar ou encher, ou ficar turgido,
ou empolado, ou inchado, ou avolumado, ou exagerado, ou afetado, que
causa desgosto, ou aversão, ou ódio, ou animosidade, ou coragem, que causa
constância, firmeza, estabilidade, equilíbrio.


Criação e Encenação João de Brito
Dramaturgia Joana Bértholo
Desenho de Luz João Cachulo
Cenografia, Adereços e Figurinos Cuca
Sonoplastia Fernando Mota
Interpretação João Pedro Dantas, Leonor Keil e Manuela Pedroso
Fotografia Mariana Silva
Comunicação Patrícia Lages
Vídeo Diogo Simão
Produção Executiva Margarida Mata
Coprodução LAMA / Teatro Nacional D. Maria II / Teatro Virgínia
Apoio Município de Faro




Bio_____________________________________________________
LAMA é uma estrutura de criação que chega ao teatro através de uma abordagem de
exploração de práticas de experimentação por norma em torno de palavras de autores
de nacionalidade portuguesa ou de palavras próprias. O desejo artístico que preside ao
programa situa-se na confluência entre uma prática de criação, a convocação de novos
protagonistas e o campo da relação com os públicos e da interrogação sobre o lugar do
teatro na sociedade. Caracteriza-se por uma abordagem estética complexa com uma forte
e rigorosa componente dramatúrgica.

Partilhar