Bem-vindo à BOL. O nosso site usa cookies e outras tecnologias para personalizar a sua experiência e compreender como você e os outros visitantes usam o nosso site.
Para ver uma lista completa das empresas que usam estes cookies e outras tecnologias e nos informar se podem ou não ser utilizadas no seu dispositivo, aceda à nossa página de política de cookies.

Concordo
Distrito Sala
Detalhe Evento
JOANA VON MAYER T. & HUGO CALHIM CRISTÓVÃO -Dos Suicidados / DDD 2019

JOANA VON MAYER T. & HUGO CALHIM CRISTÓVÃO -Dos Suicidados / DDD 2019

Teatro & Arte | Dança

Teatro do Campo Alegre

Auditório
Classificação Etária
Maiores de 16 anos
Bilhete Pago
A partir dos 3 anos
2019
mai
01
Realizado

Duração

90 minutos

Promotor

Câmara Municipal do Porto

Breve Introdução

Dança
Qua 1 Mai / 19h00

JOANA VON MAYER TRINDADE & HUGO CALHIM CRISTÓVÃO
Dos Suicidados O Vício de Humilhar a Imortalidade

CAMPO ALEGRE Auditório


Prosseguindo uma pesquisa coreográfica intimamente ligada à filosofia e à literatura, Dos Suicidados O Vício de Humilhar a Imortalidade ancora-se, desta vez, no poeta modernista Raul Leal. Toma-se a sua estética do abjeto divinizado, em que a Queda já não o é, transfigurando-se em Vertigem, presente, sem primeiro passado, sem último futuro. Dois intérpretes manifestam esse movimento puro, berrante, evidente, bestial, uma Apolytrosis, palavra que, na origem grega, significa redenção, ou resgate. O que nesta peça se redime é um grito antes do chão, que experimenta os conceitos de blasfémia, escatologia, pecado, morte e revelação. Adicione-se Genet, Artaud e Sade como inspiradores para uma dança que é o exorcismo destes sintomas e reflexões.

Ficha Artística

FICHA ARTÍSTICA

Direção, Coreografia, Dramaturgia e Formação: Hugo Calhim Cristovão & Joana von Mayer Trindade Interpretação: Francisco Pinho e André Araújo Teoria e Filosofia: Ana Mira, Celeste Natário, Cláudia Galhós, Cláudia Marisa, Cristina Aguiar, Ezequiel Santos, Mariana Pinto dos Santos, Mário Correia, Sofia Vilar e Rui Lopo Desenho de Luz e Acompanhamento Técnico [Estreia]: Cárin Geada e Hugo Calhim Cristovão, Adaptação do Desenho de Luz e Acompanhamento Técnico: Zeca Iglésias Figurinos: UN T Desenho de Cenografia: Jérémy Pajeanc Design Gráfico e Ilustração: Eduardo Ferreira Vídeo: Andrea Azevedo Fotografia: Susana Neves Produção e Difusão: Patrícia do Vale - Nuisis Zobop Coprodução
Teatro Municipal do Porto, Centro Cultural Vila Flor, Theatro Circo e Asta - Festival ContraDança Parceiros: Instituto de Filosofia da Faculdade de Letras da Universidade do Porto, Instituto de Sociologia da Universidade do Porto, Instituto de Filosofia Luso-Brasileira Residências: Forum Dança, Materiais Diversos / 23 Milhas, Circolando, Centro de Criação de Candoso, Teatro Municipal do Porto, Companhia Instável e Espaço do Tempo
Projeto Financiado por República Portuguesa - Cultura DGARTES - Direcção Geral das Artes

-
Partilhar