Bem-vindo à BOL. O nosso site usa cookies e outras tecnologias para personalizar a sua experiência e compreender como você e os outros visitantes usam o nosso site.
Para ver uma lista completa das empresas que usam estes cookies e outras tecnologias e nos informar se podem ou não ser utilizadas no seu dispositivo, aceda à nossa página de política de cookies.

Concordo
Distrito Sala
Detalhe Evento
9.º Festival Porta Jazz - 8 Dezembro/ BLOCO DA TARDE

9.º Festival Porta Jazz - 8 Dezembro/ BLOCO DA TARDE

Música & Festivais | Jazz

Teatro Municipal Rivoli

Pequeno Auditório
Classificação Etária
Maiores de 6 anos
Bilhete Pago
A partir dos 3 anos
2018
dez
08
Realizado

Produtor

Associação Porta-Jazz

Breve Introdução

8 Dezembro - 1 Bilhete único que inclui o concerto das 18:00 e das 19:00
8 Dezembro - 18:00 - Pequeno Auditório
José Pedro Coelho Passarola Voadora

José Pedro Coelho - Saxofone Tenor e Soprano
Xan Campos - Piano
Demian Cabaud - Contrabaixo
Marcos Cavaleiro - Bateria

Em Fevereiro deste ano José Pedro Coelho lançou o seu segundo álbum, Passarola Voadora, com o Carimbo Porta-Jazz. Inspirou-se nesse insólito fenómeno que tornou possível ao ser humano voar apesar de não ter asas, servindo-se de instrumentos inventados para utilizar a Natureza em seu benefício. Fazendo a ponte com este registo, pode-se dizer que o instrumento escolhido pelo compositor para dar o seu contributo à história da música foi o saxofone, ajudando na reinvenção de uma herança longínqua.
Tal como aconteceu no disco, também para este concerto o saxofonista contará com um naipe invejável de músicos. São eles Xan Campos (piano), Demian Cabaud (contrabaixo) e Marcos Cavaleiro (bateria). Todos de origens distintas, numa viagem que sobrevoa Espanha, Argentina e Suíça, respectivamente, mas tendo o Porto como ponto de encontro.
Será, precisamente, em torno de Passarola Voadora que se vão reunir estes músicos, num concerto especial que servirá, também, para celebrar a carreira de um dos fundadores da Associação Porta-Jazz, com um trajecto pleno de colaborações e projectos relevantes.



8 Dezembro - 19:00 - Pequeno Auditório
Hang Em High

Lucien Dubuis - Clarinete Baixo
Bond - Baixo de 2 e 4 Cordas e Electrónica
Alfred Vogel - Bateria e Junk Percussion

É uma formação pouco vista no panorama geral: um trio com um clarinete baixo, uma bateria e um baixo de duas cordas. O resto é feito com alguma percussão e electrónica, mas o essencial está mesmo na conjugação destes três instrumentos, assim como no som quente e cheio que produzem quando explorados por estes músicos talentosos.
Os Hang Em High foram buscar o nome a um filme protagonizado por Clint Eastwood, em 1968, cujo tema título deu que falar numa versão de Booker T. And The M.G.s. Andam entre o jazz e o rock, numa rejeição de fronteiras que tanto os põe a circular em ritmo desenfreado como a pairar numa toada cósmica (sendo possível que o nome da banda americana Morphine venha à baila, visto que é uma influência assumida). Estrearam-se com um álbum homónimo em 2013 e no ano passado lançaram Tres Testosterones, o terceiro registo, num constante refinamento do seu som.
Esta actuação resulta da parceria com o festival austríaco Bezau Beatz.

Preços

  • Plateia - 5€

Pontos de Referência

Praça D. João I

Partilhar
Colecção de Postais do Museu Romântico

Serviços Adicionais