Bem-vindo à BOL. O nosso site usa cookies e outras tecnologias para personalizar a sua experiência e compreender como você e os outros visitantes usam o nosso site.
Para ver uma lista completa das empresas que usam estes cookies e outras tecnologias e nos informar se podem ou não ser utilizadas no seu dispositivo, aceda à nossa página de política de cookies.

Concordo
Distrito Sala
Detalhe Evento
Macbeths (Nas Ruínas do Convento do Carmo)

Macbeths (Nas Ruínas do Convento do Carmo)

Teatro & Arte | Teatro

Teatro do Bairro

Sala 2
Classificação Etária
Maiores de 14 anos
Bilhete Pago
A partir dos 6 anos
2018
ago
01
a
2018
ago
18
Realizado

Duração

105 minutos

Promotor

Ar de Filmes

Breve Introdução

ESTE ESPECTÁCULO DECORRE NAS RUÍNAS DO CONVENTO DO CARMO

Até dia 1 de Agosto os bilhetes terão de ser reservados através do telefone 91 321 12 63 entre as 15h e as 19h ou adquiridos no site da BOL ou postos de venda BOL.

A partir de dia 1 de Agosto os bilhetes também poderão ser adquiridos no Largo do Carmo (em frente ao Convento do Carmo) em bilheteira própria para o efeito entre as 15h e as 20h.

Este espectáculo será legendado em inglês

Resistente ao tempo e testemunho de uma história imensa, uma das mais belas paisagens edificadas de Lisboa que sob as estrelas que nos relembram a verdadeira dimensão do Universo e da nossa condição humana, as Ruínas do Museu do Carmo são o palco perfeito para MACBETHS, peça que Luísa Costa Gomes concebeu com textos de William Shakespeare, que propõe uma nova leitura da relação de poder e sedução do casal Macbeth.
M/14
Duração: 1h45

Sinopse

MACBETHS não é Macbeth, embora também o seja. É uma peça-em-peças, construída com excertos de outros textos de Shakespeare, nomeadamente de Ricardo II, Otelo, Hamlet, Rei João, Como Queiram, Henrique V, e um ou outro soneto. Em MACBETHS, o protagonista é o casal e a dinâmica de poder que geram uma superstição estúpida e uma perversa aliança amorosa. A história segue sobretudo o percurso desconhecido de Lady Macbeth esse poço de equívocos e ineficácia na sua vertigem para a salvação e a reposição da ordem. A peça constrói-se em três momentos: primeiro, o sonho do poder, plantado em ambos pela superstição de um destino superior; segue-se naturalmente o tédio e o pesadelo do poder, depois do assassinato do Rei Duncan, que leva Lady Macbeth ao remorso, Macbeth à orgia homicida - e o Casal à separação de facto. Enquanto Macbeth destrói, a Senhora procura minimizar os danos. O que acontece nos bastidores de Macbeth, quando Lady Macbeth desaparece do palco, é a matéria última do espectáculo.

Porquê e para quê remexer em textos perfeitos? Para quê estragar o que é tão belo e tão verdadeiro? Talvez não passe, também este tipo de respeitosa e amorosa paródia, de um vão exercício de poder. Mas Macbeth, sendo uma tragédia perfeita, um texto que não esmorece, que não perde vitalidade, que continua a convocar-nos, gera muitas leituras. Impôs-se-me outra leitura de Lady Macbeth, para além da mulher que é serpente tentadora, da figura diabólica de mulher que manipula, força e depois abandona o cúmplice e se abandona ela própria à loucura. Quem é ela? Quais os seus motivos, o motivo do seu desmaio, que amor desvairado é o seu, que suposta loucurapara além da harpia, da bruxa má, da mãe castradora, andei à procura dela e o que encontreifoi outra pessoa.
Luísa Costa Gomes

Ficha Artística

Dramaturgia: Luísa Costa Gomes, com textos de William Skakespeare -
Ricardo II, Rei João, Macbeth, Dois Cavalheiros de Verona, Júlio César, Otelo, Como Queiram, Hamlet, Cimbelino, Henrique V, O Mercador de Veneza;
Tradução: Luísa Costa Gomes;

Encenação: António Pires;

Interpretação: Margarida Vila-Nova, Cláudio da Silva, João Cabral e os alunos finalistas da ACT-Escola de Actores Andreia Galamba, Beatriz Andrez, Catarina Berkemeier, Clarisse Ricardo, Constança Brandling, David Medeiros, Filipe de Castro, Francisco Beatriz, Margarida Leão, Mariana de Almeida Fernandes, Ruben Brandão, Salvador Nery, Vanessa Varela;

Cenografia: Nuno Esteves (Blue), Figurinos: Dino Alves;Movimento: Paula Careto; Apoio de Voz: Teresa Lima;
Assistente de figurinos: Margarida Sales; Caracterização: Ivan Coletti, Luz: Rui Seabra, Assistente de iluminação: Cláudio Marto, Música: Paulo Abelho, Assistente de som: Guilherme Alves, Direcção de cena e legendagem: Carolina Campanela, Construção de cenário: Fábio Paulo, Ilustração: Joana Villaverde, Produção executiva: Ivan Coletti, Comunicação: Maria João Moura, Administração de Produção: Ana Bordalo, Produtor: Alexandre Oliveira
Co-produção: Act- Escola de Actores
Produção: Ar de Filmes / Teatro do Bairro

Notas Suplementares

ESTE ESPECTÁCULO DECORRE NAS RUÍNAS DO CONVENTO DO CARMO

Até dia 1 de Agosto os bilhetes terão de ser reservados através do telefone 91 321 12 63 entre as 15h e as 19h ou adquiridos no site da BOL ou postos de venda BOL.

A partir de dia 1 de Agosto os bilhetes também poderão ser adquiridos no Largo do Carmo (em frente ao Convento do Carmo) em bilheteira própria para o efeito entre as 15h e as 20h.

Este espectáculo será legendado em inglês

Preços

  • Geral - 16€

Partilhar