Bem-vindo à BOL. O nosso site usa cookies e outras tecnologias para personalizar a sua experiência e compreender como você e os outros visitantes usam o nosso site.
Para ver uma lista completa das empresas que usam estes cookies e outras tecnologias e nos informar se podem ou não ser utilizadas no seu dispositivo, aceda à nossa página de política de cookies.

Concordo
Distrito Sala
Detalhe Evento
Festival Antena 2 -

Festival Antena 2 - "DIÁSPORA" SETE LÁGRIMAS

Música & Festivais | Festival

Teatro da Trindade INATEL

Sala Carmen Dolores
Classificação Etária
Maiores de 6 anos
Bilhete Pago
A partir dos 3 anos
2017
jan
28
Realizado

Duração

60 minutos

Promotor

Fundação Inatel

Breve Introdução

O Festival Antena 2 apresenta em seis dias ao vivo uma série de espetáculos, concertos e conferências que espelham o universo cultural deste canal da rádio pública. De 24 a 29 de janeiro de 2017 a Antena 2 apresenta no Teatro da Trindade em Lisboa seis concertos de música clássica orquestral, música de câmara, música filarmónica, música barroca, música étnica e jazz, aos quais se juntam um espetáculo de dança, uma peça de teatro e duas conferências, uma sobre ciência e outra sobre literatura.

Sinopse

Para lá de caravelas e de Boa-Esperança a relação de Portugal com o mundo nasce de uma vontade de mudança... Com a expansão portuguesa do século XV inicia-se um período de aculturação e miscigenação que influencia mutuamente as práticas musicais dos países dos Descobrimentos e de Portugal e muda a configuração do nosso ADN colectivo para sempre... O projecto Diáspora conta já com três títulos: Diaspora.pt (2008), Terra (2011) e Península (2012) e mergulha nos géneros e formas musicais dos cinco continentes de ontem e de hoje, arriscando novas fórmulas interpretativas de repertórios populares e eruditos do século XVI ao século XX, do vilancico ibérico ao fado, dos vilancicos negros do século XVI/XVII ao chorinho brasileiro, passando pelas mornas africanas e pelas canções tradicionais de Timor, Macau, Índia, Brasil, etc... Uma vertigem experimental pela viagem, caminho, peregrinação, terra, água, saudade e pelo que ficou hoje depois de todos os ontem...
Filipe Faria, Lisboa, 2015

Produção

Antena 2

Ficha Artística

Filipe Faria, voz
Sérgio Peixoto, voz
Pedro Castro, flautas e oboé barroco
Tiago Matias, vihuela, alaúde, tiorba, guitarra barroca e guitarra romântica
Mário Franco, contrabaixo
Rui Silva, percussão histórica

-
Partilhar

Serviços Adicionais