Bem-vindo à BOL. O nosso site usa cookies e outras tecnologias para personalizar a sua experiência e compreender como você e os outros visitantes usam o nosso site.
Para ver uma lista completa das empresas que usam estes cookies e outras tecnologias e nos informar se podem ou não ser utilizadas no seu dispositivo, aceda à nossa página de política de cookies.

Concordo
Distrito Sala
Detalhe Evento
Born a Lion + Then They Flew+ Whales

Born a Lion + Then They Flew+ Whales

Música & Festivais | Concerto

MusicBox

Sala Principal
Classificação Etária
Maiores de 16 anos
Bilhete Pago
Todas as Idades
2016
jun
03
Realizado

Abertura Portas

22:00

Promotor

Cultural Trend Lisbon

Breve Introdução

2ª Edição An experimental Jet Set, Trash & No Star Night!
A noite temática organizada pelo blogue BranMorrighan volta em 2016 com Born a Lion, Then They Flew e Whales. A intenção desta noite de festa não é nada mais nada menos do que divulgar a melhor música que se faz em Portugal com o regresso de uma das maiores bandas de rock, os Born a Lion, e ainda com duas jovens promessas que já dão que falar - os Then They Flew, finalistas do concurso Sziget'16 e os Whales, vencedores do Festival Termómetro 2016.


Dia 3 de Junho de 2016 é a data escolhida para o regresso dos Born a Lion aos palcos depois de terem dada por terminada a sua actividade em 2014!
Neste regresso a banda só promete o mesmo de sempre: ROCK!!
Sim, daquele... barbudo!
Preparem os vossos ouvidos e tranquem os miúdos em casa.
Eles vêm aí...

Then They Flew é uma banda de post-rock lisboeta que lançou em Outubro de 2015 o primeiro disco, tendo obtido muito boas reacções do estrangeiro. STABLE AS THE EARTH STOPS SPINNING é o nome desse primeiro trabalho e procura a construção do clímax através do contraste dinâmico, fugindo ao estabelecimento puro de ambientes e texturas. Este contraste acontece entre o rendilhado de frases melódicas repetitivas e as pesadas paredes de som que apresentam atmosferas dinâmicas, expansivas e densas. Estas atmosferas, as melodias electrizantes e a secção rítmica lenta e dominante dão coerência aos temas, trilhando as diferentes etapas de uma só viagem.

"Celebraram recentemente apenas um ano de existência, mas já venceram a mais recente edição do Festival Termómetro que lhes dará acesso a actuarem no festival NOS Alive. Dizem que o seu nome foi escolhido por causa do paralelismo que há entre o processo de composição e o trajecto que a baleia faz no oceano: “É um animal que anda devagar, mas com firmeza”. Entre as novas correntes do vasto oceano da música indie (tanto no rock como na electrónica) começamos a avistar, cada vez mais perto, um caso sério nas novas bandas nacionais. Acabaram de estrear o primeiro single "Big Pulse Waves" com produção de Rui Gaspar (dos First Breath After Coma, que também assegura a realização e edição do vídeo) e gravação, mistura e masterização de Fábio Jevelim e de Makoto Yagyo, no HAUS.

-
Partilhar

Serviços Adicionais

Veja ainda:

Afrobaile: Djumbai Jazz e CelesteMariposa

Música & Festivais | Música

Casa do Capitão

Casa do Capitão

Inauguração da Casa do Capitão com Fado Bicha e DJ A Boy Named Sue

Música & Festivais | Música

Casa do Capitão

Casa do Capitão